segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Pão de mel

Mais uma receita testada - essa mais com a textura de pão de mel a que estamos acostumados do que a anteriormente postada (bolo de pão de mel). Adaptei a receita de uma que circula na internet ("pão de mel da Lucia"), e a minha ficou assim:


Pão de mel
1 xícara e meia de leite morno
1 e meia colher (chá) de cravo em pó
meia colher (chá) de canela em pó
1 pitada de noz moscada ralada na hora
1 xícara de mel
1 xícara de açúcar
meia xícara de açúcar mascavo
3 colheres (sopa) de chocolate em pó
4 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó

Bati os 9 primeiros ingredientes no liquidificador. Retirei e misturei o fermento. Coloquei em tabuleiro untado e enfarinhado e assei em forno médio pré-aquecido por 40 minutos. Retirei, deixei esfriar, desenformei, cortei ao meio e recheei com doce de leite. Cobri com a outra metade e por cima espalhei cobertura de chocolate ao leite Sicao (250g) derretida. Cortei em quadradinhos.

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Pão Caseiro

Eu queria um pão rapidinho para o lanche da noite e resolvi fazer a seguinte receita (daqui):
Bati no liquidificador 2 ovos, 1/2 xícara de óleo, 1 e 1/4 xícara de leite, 1 colher (chá) de sal, 1 colher (sopa) de açúcar, 10g de fermento biológico seco. Tirei do liquidificador e adicionei 3 e 1/2 xícaras de farinha de trigo. Deixei crescer por 1 hora, coloquei em 2 formas de bolo inglês pequenas e assei em forno médio pré-aquecido por 35 minutos.

Servi com pasta de ovos: 3 ovos cozidos ralados, 1/4 de cebola ralada, 1 e 1/2 colher (sopa) de maionese, 1 colher (sopa) de creme de leite, sal, pimenta do reino, 1 colher (chá) de catchup e molho shoyu. Misturei tudo. 
De sobremesa, potinhos de chocolate de adulto:

Fiz um brigadeiro mole com 1 lata de leite condensado, meia lata de leite de vaca, 1 gema e 3 colheres de chocolate em pó. Quando deu o ponto, tirei do fogo e coloquei em xícaras de café, previamente preparadas com 1 colher (chá) de licor Frangélico no fundo de cada uma. Deixei gelar.

domingo, 16 de dezembro de 2012

Produção da semana

Final de ano invariavelmente corrido, não ando com muito tempo para a cozinha, infelizmente.
Nesta semana que passou foram basicamente coisas para as festas de confraternização:



1. Farofa de arroz 7 grãos (do site Rainhas do Lar):
Cozinhei meio pacote de Ráris 7 grãos em água e sal por 30 minutos. Escorri e reservei. Numa panela derreti 100g de manteiga e fritei 250g de linguiça (era para ser defumada, mas acabei usando a Guanabara da Sadia mesmo). Juntei uma cebola pequena, pimenta (era para ser calabresa mas eu só tinha do reino) e 2 dentes de alho picados e deixei refogar bem. Depois adicionei 3 ovos, deixei começar a endurecer e então mexi. Quando os ovo estavam cozidos juntei 1 xícara de castanha de caju picada e torrada, o arroz reservado e 1 xícara de farinha de mandioca. Misturei bem e tirei do fogo (era para ter juntado cheiro-verde, mas eu não tinha).

2. Pavê da Andréa W (receita de uma amiga querida, que levou para uma festinha e fez um super sucesso): 
Fiz um brigadeiro mole com 1 lata de leite condensado, meia lata de leite de vaca, 1 gema e 3 colheres de chocolate em pó. Quando deu o ponto, tirei do fogo e coloquei em um pirex. À parte bati a clara em neve com 3 colheres (sopa) de açúcar e juntei depois 250g de creme de leite batido (usei o fresco, mas a Andrea fez com o de lata sem soro e ficou muito - MUITO - melhor). Cobri o brigadeiro com este creme e levei ao congelador.

3. Pequenas bruschettas doces
Este foi um improviso para um café da manhã que carecia de bolo, muffin ou qualquer coisa que adoçasse o paladar (e o coração também): cortei fatias de pão australiano e cobri algumas com geléia de uvaia e outras com doce de leite pastoso. Coloquei por cima de algumas castanha de caju torrada e picada e levei as bruschettinhas ao forno apenas para secarem um pouco. Retirei e servi (e parece ter dado certo, pois nem deu para tirar foto :-)

sábado, 8 de dezembro de 2012

E vejo flores em você!

Eu estava fazendo algo para o jantar e a minha filha veio e disse, "mamãe, venha aqui ver uma coisa". Relutei um pouco, pois estava ocupada, mas ela insistiu e eu acabei indo. Uma surpresa grande: essa orquídea fantástica, que eu ganhara ainda grávida dessa filha e que estava seca e abandonada, havia florescido!
A única coisa que eu conseguia pensar depois era como a natureza se renova independentemente de nossa vontade ou expectativa... Como ciclos dados por encerrados ressurgem esplendorosos e nos surpreendem com seu vigor...

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Bolo de limão cravo


Estive, neste final de semana, num sítio onde o limão cravo abundava no pé. Precisamos colhê-los, pois alguns ja mostravam bicadas de passarinho. O limão cravo é uma fruta que, apesar da aparência pouco atraente (tem a casca manchada e rugosa), tem um aroma perfumadíssimo e um sabor diferente do limão tahiti (na minha opinião o limão cravo é BEM mais gostoso). Por isso, de posse de 3 dúzias de limão cravo que trouxemos, parti em busca de receitas com limão na internet.
Comecei com a óbvia limonada, mas apenas 2 limões foram usados nessa empreitada (muito pouco). Descobri então uma receita de bolo de limão que usava 1 xícara do seu suco - opa! Resolvi fazê-la e o resultado foi de fato muito bom. A única coisa a observar é que eu deveria ter observado a recomendação da receita original e usado as 2 xícaras e meia de açúcar, pois a grande quantidade de suco empregada na massa lhe confere acidez acima do normal. Eu poderia também ter corrigido a doçura usando a calda indicada, mas estava muito apressada para ir ao cinema e acabou não dando tempo. Outra diferença em relação à receita original: não juntei as raspinhas de limão. As fotos serão postadas em breve.

Eu fiz da seguinte forma:

Bolo de limão cravo
3 ovos separados
2 xícaras (chá) de açúcar
2 colheres (sopa) cheias de margarina
1 xícara e meia de farinha de trigo
1 xícara de maizena
meia xícara de suco de imão cravo puro
1 caixinha de creme de leite (usei o Italac e gostei muito da textura)
1 colher (sopa) de fermento em pó

Bati as gemas com o açúcar e a manteiga. Adicionei a farinha e a maizena, alternando com o creme de leite e o suco de limão, batendo apenas até misturar e ficar homogêneo. Desliguei a batedeira e juntei delicadamente as claras em neve e o fermento em pó.
Assei em forma untada e enfarinhada, forno médio pré-aquecido, por cerca de 40 minutos. Deixei amornar, desenformei em um prato e polvilhei açúcar de confeiteiro.

domingo, 2 de dezembro de 2012

Massa para crepe/panqueca e massa para waffle

Fui adaptando essa receita aos poucos, ando satisfeita com o resultado atual.
Quando quero panquecas uso 2 ovos; quando quero crepes (mais finos), uso 3.


Massa para panqueca:
Misture 1 xícara de leite, 1 xícara de farinha de trigo, 1 colher (sopa) de açúcar, 1 colher (café) de sal, 1 colher (sopa) de margarina (dá certo com manteiga ou até com óleo), 2 ovos. Se quiser bata no liquidificador (fica u'a massa ainda mais fina). Se puder deixar descansar por pelo menos 1 hora, o resultado fica ainda melhor.
Unte a frigideira (de preferência anti-aderente) com óleo ou manteiga. Derrame massa suficiente para cobrir o fundo da frigideira (vá girando para que espalhe bem). Deixe corar e vire com a espátula para corar o outro lado. Retire e recheie a gosto.

Massa para crepe - a receita é semelhante à de panqueca, apenas com o acréscimo de mais 1 ovo.

Massa para waffle:
Misture 1 xicara de leite, 1 xícara de farinha de trigo, 1 colher (sopa) de açúcar, 1 colher (café) de sal, 1 colher (sopa) de margarina ou manteiga derretida, 1 ovo (clara e gema separadas), 1 colher (sopa) de fermento em pó. 
Misture a gema com os 5 primeiros ingredientes até ficar bem homogêneo. Ao final acrescente delicadamente a clara em neve e o fermento. Unte o aparelho próprio para waffle com manteiga. Espalhe a massa (não coloque em excesso pois cresce) e feche o aparelho. Aguarde que core nos 2 lados e retire.
Coloque a cobertura a gosto (a mais tradicional é manteiga e mel).

Essa massa de waffle permite variações de sabor; algumas possíveis são:
1. juntar cebola picadinha e cheiro verde ou orégano ou manjericão;
2. juntar queijo e/ou presunto ralados e orégano ou manjericão;
3. juntar chocolate em pó ou meio amargo picado

sábado, 1 de dezembro de 2012

Receitas da Nigella


Eu vi essa receia originalmente num livro excelente da Nigella (Nigella Bites). Já fiz as duas e adorei. Os textos foram reproduzidos de outros sites: o da Mozzarella daqui e o do brownie eu não lembro mais :-(

Mozzarella in carrozza
6 fatias de pão de forma macio (retire as cascas)
1 bola de mozarela fresca do tamanho de um punho, cortada em fatias  (geralmente uso quejo minhas meia cura, mas pode ser qualquer queijo que derreta bem)
 ½ xícara (120ml) de leite integral
 3 colheres (sopa) cheias de farinha de trigo
 1 ovo
 sal e pimenta do reino moída na hora
 ½ xícara (120ml) de azeite de oliva comum

Monte sanduíches com o pão e a mozarela, deixando uma margem sem recheio. Aperte-as bem com os dedos para selar o recheio dentro do pão (uma das vantagens de se usar o pão de forma macio é conseguir amassar bem uma fatia com a outra, fechando os sanduíches direitinho). Coloque o leite numa tigela, a farinha em outra e o ovo numa terceira. Bata o ovo e acrescente o sal e a pimenta. Aqueça o azeite numa frigideira em fogo médio. De maneira bem rápida, mergulhe os sanduíches, um a um, no leite, em seguida passe-os pela farinha. Por último, pelos ovos batidos – o segredo aqui é ser bem ligeirinho, caso contrário o pão vai ficar ensopado. Frite cada sanduíche no azeite até dourar e ficar crocante nos dois lados. Corte ao meio e sirva.


Brownie de chocolate da Nigella:
Ingredientes:
350g de chocolate meio-amargo
100g de gotas de chocolate ao leite
100g de gotas de chocolate branco
375g de manteiga
4 ovos
1 colher (sopa) de essência de baunilha
225g de farinha
1 colher (chá) de sal
350g de açúcar

Modo de preparo:
Em uma panela funda, derreta o chocolate meio amargo e a manteiga. Tire do fogo para adicionar os quatro ovos sem cozinhá-los. Adicione um de cada vez, misturando bastante. Retorne a panela ao fogo, adicione a essência de baunilha e o sal. Em seguida, coloque o açúcar, a farinha e as gotas de chocolate. Coloque a mistura em uma assadeira e leve ao forno pré-aquecido a 180ºC. Vinte e cinco minutos devem ser suficientes, mas fique de olho pois o tempo de cozimento varia de acordo com o forno.