sábado, 8 de dezembro de 2012

E vejo flores em você!

Eu estava fazendo algo para o jantar e a minha filha veio e disse, "mamãe, venha aqui ver uma coisa". Relutei um pouco, pois estava ocupada, mas ela insistiu e eu acabei indo. Uma surpresa grande: essa orquídea fantástica, que eu ganhara ainda grávida dessa filha e que estava seca e abandonada, havia florescido!
A única coisa que eu conseguia pensar depois era como a natureza se renova independentemente de nossa vontade ou expectativa... Como ciclos dados por encerrados ressurgem esplendorosos e nos surpreendem com seu vigor...

Nenhum comentário:

Postar um comentário